Sapo-comum

Sapo-comum (Bufo bufo)

  • Onde me podes ver: Reserva Natural do Estuário do Douro | Parque de Dunas da Aguda | Parque Botânico do Castelo | Parque da Lavandeira | Parque Biológico
  • Observável em: Estado selvagem
  • Maior probabilidade de observação: Março | Abril | Maio | Junho | Julho | Agosto | Setembro | Outubro
  • Habitat:

    Diversos: encontra-se quer em zonas húmidas ou secas, abertas ou com vegetação densa, em meios naturais, seminaturais e cultivados, ou até na proximidade de habitações.

  • Alimentação:

    Particularmente interessantes na agricultura biológica por comerem pequenos invertebrados vermes e caracóis, ajudando a controlar o seu número. São mais ativos ao crepúsculo e de noite.

  • Reprodução:

    Na cópula, os machos cobrem a fêmea pelas costas. Mais tarde, a fêmea põe entre 2 mil a 7 mil ovos enquanto o macho solta o esperma. Os ovos estabilizam em fios gelatinosos. Põem nos charcos, ribeiros ou em zonas de paul. A eclosão dos ovos ocorre entre cinco a 15 dias depois da postura. Os girinos desenvolvem-se ao longo dois a quatro meses.

  • Estado de Conservação: Pouco preocupante
  • Curiosidades:

    Consta do Anexo III da Convenção de Berna.
    Esta espécie vive quer em altitude zero como em altitudes superiores aos 2 mil metros. Os sapos adultos têm hábitos terrestres, excetuando-se a fase da reprodução. 

 

Câmara Municipal de Gaia

Rua Álvares Cabral 4400-017 Vila Nova de Gaia

Contactos

Parque Biológico de Gaia

R. Cunha, 4430-681 Avintes, Vila Nova de Gaia, Portugal

© 2018 Municipio de Gaia. Todos os Direitos Reservados. Desenvolvido por Municipio de Gaia

 

Câmara Municipal de Gaia

Rua Álvares Cabral 4400-017 Vila Nova de Gaia