Abelha

Abelha-europeia (Apis mellifera)

  • Onde me podes ver: Parque das Camélias | Reserva Natural do Estuário do Douro | Parque de Dunas da Aguda | Parque Botânico do Castelo | Parque da Lavandeira | Parque Biológico
  • Observável em: Estado selvagem
  • Maior probabilidade de observação: Todo o ano
  • Habitat:

    Diversos. Orla de bosques, na imediação de campos agrícolas, etc.

  • Alimentação:

    Alimenta-se de néctar das flores.

  • Reprodução:

    Como outros insetos, todas as abelhas começam por ser um ovo posto pela abelha-rainha. Desse ovo nasce uma larva que vai crescer e passar por várias fases até se transformar em pupa. Só depois se transforma no inseto adulto, a abelha que conhecemos a voar de flor em flor.

  • Curiosidades:

    Abelha é a denominação comum de vários insetos pertencentes à ordem Hymenoptera, aparentados com vespas e formigas.
    O representante mais conhecido é a abelha-comum ou abelha-europeia, Apis mellifera, oriunda do Velho Mundo, e criada em larga escala para a produção de mel, cera e própolis.
    Os indivíduos adultos alimentam-se geralmente de néctar e são dos mais importantes agentes polinizadores. Uma abelha visita cerca de dez flores por minuto em busca de pólen e néctar, fazendo, em média, 40 voos diários, durante os quais toca em 40 mil flores.
    Uma colmeia abriga de 60 a 80 mil abelhas. Tem uma rainha, cerca de 400 zangões e milhares de operárias. Se nascem duas ou mais rainhas ao mesmo tempo, elas lutam até que sobre apenas uma rainha. A abelha-rainha vive até cerca de cinco anos, enquanto as operárias vivem de 28 a 48 dias.
    A abelha operária (ou obreira), preocupada com sua própria sobrevivência e encarregada da proteção da colmeia como um todo, possui um ferrão na parte traseira para ataque em situações de suposto perigo. Quando uma abelha se sente ameaçada, utiliza o ferrão no animal que estiver por perto. Depois de dar a ferroada, tenta escapar e, por causa das farpas existentes no ferrão, a parte posterior do abdómen onde se localiza o ferrão fica preso na pele do animal e, nalguns casos, a abelha perde uma parte do intestino, morrendo sem demora.

 

Câmara Municipal de Gaia

Rua Álvares Cabral 4400-017 Vila Nova de Gaia



Parque Dunas da Aguda

Praia da Aguda, 4410-467, Vila Nova de Gaia, Portugal

Horário: 10h00-18h00

Contactos

Parque Biológico de Gaia

R. Cunha, 4430-812 Avintes, Vila Nova de Gaia, Portugal

© 2018 Municipio de Gaia. Todos os Direitos Reservados. Desenvolvido por Municipio de Gaia

 

Câmara Municipal de Gaia

Rua Álvares Cabral 4400-017 Vila Nova de Gaia